15 dezembro, 2009

Continuo a achar...

... que quando se ama mesmo, mesmo, de verdade, é para sempre.
Que aquela pessoa se torna sangue do teu sangue;
parte da tua pele;
que fica presa no teu cheiro,
e se solta lentamente dos teus cabelos quando recebem o sopro do vento.

E é nessa altura,
quando o brilho dos teus olhos deixa de reflectir aqueles que te falam para mostrar em quem pensas,
nessa altura sabes que essa pessoa faz parte de ti, que é a tua família,
e assim há-de ser eternamente, até que a morte separe corpo e espírito.

4 comentários:

Silvana disse...

é bom saber que alguém nos ama, dá-nos força e faz-nos feliz :))

Joana Nunes disse...

O:
Sem palavras.
Permites-me que copie isto para algum lado com o teu nome? :D

Beky disse...

estás a vontade Joana... :3 põe o link do blogue, já agora ;p

e feliz natal! :D

Joana Nunes disse...

Já está :D

Aqui
http://www.myspace.com/18ladybird
e aqui
http://ladybird18.hi5.com
(:


Obrigadaaa :D E, como o natal já passou, um bom ano novo! *